Morando no mundo da lua

O bom de escrever sobre astrologia eventualmente é que o céu está sempre diferente. Dinâmicos que são, a cada dia, a cada hora, os astros estão numa conformação diferente e fazendo diferentes relações entre si. Aliás, é basicamente isto, do ponto de vista astrológico, que nos torna diferentes entre si e que faz com que mesmo pessoas nascidas no mesmo dia, mês e ano, tenham mapas e personalidades extremamente diferentes. Cada um é um universo particular.

Assim como cada pessoa, cada lar tem suas particularidades e peculiaridades. Já escrevi aqui e volto a repetir: pra mim, as casas são verdadeiros organismos vivos e, ainda que não saiam do lugar fisicamente, o lar se muda, de lugar, de situação, de habitantes, de vontades, como a gente, um universo particular. Por isso faço esta coluna tão querida de astrologia do morar.

Hoje, aliás, é um dia especial aqui na coluna. A primeira coluna foi há 6 meses, quando o sol estava em Leão, domiciliado e teve eclipse solar total. Já falei disso, né? Dignidades planetárias. Os astros são como atores interpretando papéis. Quando eles estão naquele papel que adoram fazer, estão em casa, domiciliados. Basicamente, quando o planeta se encontra no signo que rege, ele está domiciliado. Quando está no signo contrário, está exilado. E ano passado, com o eclipse solar total em Leão, entramos numa série de eclipses neste eixo nodal Leão-Aquário. Naquela ocasião, era a Lua tapando completamente o sol, visível no hemisfério norte e no site da NASA. E a questão astrológica era sobre o eu X interesses da coletividade, já que Leão é autocentrado, coberto. E ensinei aqui a fazer o mapa dos sonhos da casa.

Hoje, às 11:27h tivemos um eclipse total da Lua, que se dá quando Sol e Lua estão opostos e a Terra, no meio, faz sombra na Lua. Infelizmente não foi visivel aqui no hemisfério Sul porque foi bem no meio do dia. De qualquer forma, a energia que o eclipse move, fica aqui, reverberando, há quem diga que dias, outros dizem meses. Hoje o Sol está exilado em Aquário e a Lua está cheia em Leão. Uma Lua eclipsada diz sobre os nossos sentimentos mais profundos, mexe com nossas emoções, com nosso subconsciente. Aliás, é isto ue o céu está pedindo desde novembro, quando Júpiter entrou em Escorpião. Com relação à astrologia do morar, interpreto que esta Lua e este eclipse pedem um mergulh profundo em nós mesmos. Talvez você ache coisas que nem sabia estarem guardadas ou se lembre de ssensações e sentimentos de há muito tempo, uma vez ue a Lua, maternal que é e regente de CIancer, tem a ver com o passado.

A Lua em Leão fala do ego e do subconsciente da pessoa e também do povo e das memórias. Pessoas que tem pontos importantes do mapa neste eixo Leão-Aquário serao afetadas mais intimamente, principalmente os que estiverem entre 8 e 14 graus, já que o eclipse se deu a 11 graus de Leão.  De qualquer forma, reflita, medite, procure o lugar que você se sente melhor em sua casa e, por que não?, Tire um nudes! Pra si, pra se ver bonita. Aqui a gente fala de casa, mas fala de empoderamento feminino, de maternidade, de útero, de Lua cheia. Esta é uma hora maravilhosa pra resgatar o sagrado feminino e tantas mulheres aí dentro de você. Aproveito o post de hoje pra convidâ-las a meditar em uníssono com a Miranda Gray, na benção mundial do útero, que ocorre 4x/ano, sempre em Luas Cheias. São mais de 170 mil mulheres meditando ao mesmo tempo. E a energia e o poder que isso tem, olha, só fazendo pra sentir. Qualquer mulher pode fazer, mesmo se não menstrua mais ou se já tirou o útero; a única exigência é já ter tido a menarca. E, se não der pra meditar hoje, se inscreva pra próxima, ela manda tudo direitinho no seu email. O endereço é: www.wombblessing.com.

Ainda com relação ao céu, hoje Mercúrio entrou em Aquário (até 18/02), signo de Ar quente e úmido, altamente ligado ao intelecto e à coletividade, coisas que Mercúrio adora. Ótimo pra escrita e pra argumentação. Quanto a Lua, a danada muda a cada 2 dias e meio e na sexta estará em Virgem, começando semana que vem em Libra. E se vocês ouviram o termo lua azul, é quando temos 2 luas cheias no mesmo mês; Lua de sangue é por causa do eclipse, que a lua fica com um halo avermelhado quando coberta e super Lua é porque a Lua está no seu perigeu, o ponto de sua órbita mais próximo da Terra. Só mesmo quem vive no mundo dela pra perceber estas mudanças sutis.

Peçam, o universo dá, se não for com o ego.

Ótimo eclipse a todas e bem-vindas as que fizerem a benção.

 

 

COMPARTILHE

A minha sala de estar e jantar

Já falei aqui sobre os novos rumos dessa minha vidinha, mas antes preciso fechar a conta com vocês, rs. Todos os leitores fieis que acompanham...
COMPARTILHE
Quando era criança toda vez que eu ficava doente meus pais me davam algumas regalias, como por exemplo, comprar refrigerante para os dias de resfriado ou diarreia (Era isso mesmo, pasmem), os outros dias que bebíamos um guaraná gelado...
Aviso logo: Não é para os fitness, misturei logo um tanto da minha maionese favorita e devorei, mas tu pode substituir por uma versão light, um requeijão magrinho ou uma iogurte natural sem açúcar. Gosto de receitas de lanches rápidos,...