• Conheça nossa coleção de posteres na Moldura Pop!
    slide  moldura pop
  • Baixe o seu!
    relogio
  • Como fazer um painel diferente e colorido
    relogio
Em 25.11.2016 - Por Ana Medeiros

3 receitas levinhas, rápidas e saudáveis para o fim de semana

Fui um cisco de adolescente, maguinha, xoxinha, o côro e o osso. Depois que engravidei, a idade foi chegando, o corpo foi se modificando e me tornei esse pedacinho de mau caminho, goxtosinha.

Como toda mulher, vítima dessa bosta de sociedade que nos esfrega na cara diariamente que um corpo perfeito e desejado é somente os com barriga tanquinho, coxas duras e bumbuns lisos como só as saradas e os bebês de 7 meses tem, nunca fui feliz com meu corpo. Lembro que ainda MUITO magra, achava uma barriguinha aqui, um culote ali, um peito maior que o outro, sendo tudo isso um GRANDE problema.

Ter dois filhos me fez outra moliér!As modificações no meu corpo são gritantes, as estrias na minha barriga são reais, as peitolas não estão mais apontando para as nuvens, e não vou ser hipócrita em dizer ” Nossa, que legal tropeçar no meu mamilo”, mas a gente chega numa fase da vida que nada disso mais te faz se esconder, te faz se sentir menos do que a capa da Boa Forma do mês.

Maturidade meus amores. Em algum momento a gente começa a perceber o quão maravilhosa somos, com cada defeitinho que apareceu ao longo dos anos. E vamos combinar…Defeitinho pra quem??? Ah, me poupe.

Precisamos urgente fazer uma outra revolução, a do corpo. Chega de tá mirando em musa fitness no Instagram, fia. Mirem em corpos igualmente lindos, tirem essa lente que te cega e venha pra ala da liberdade (Inclusive fiquem à vontade pra postar foto como você quiser no Instagram, como eu, que ando ousada e me sentindo ótima, hahaha).  Mirem na moça que vem conseguindo semana a semana os progressos com uma alimentação mais natural, com pratos preparados na cozinha de casa,  com exercícios na academia do bairro…

Inspirada nessas musas, no empoderamento que me revolucionou após os 30, ciente de que posso cuidar mais de mim por uma questão de bem-estar e saúde, tenho tentado desde o ano passado ter uma alimentação mais equilibrada, ainda que tenha lá as semanas em que a gente atola o pé no brigadeiro de panela (Porque comer também é jacar felizona).

Em 2015 perdi 12kg, agora em 2016 venho mantendo (peso 58kg), mas estou precisando fortalecer os músculos, porque muitas vezes sinto que tenho pouca resistência e uma fadiga constante, de gente sedentária. Ah, ainda quero também tentar diminuir esse abdômen (Ainda que eu precise de outros procedimentos por causa de uma diástase) e também aprender a dispensar massas e doces em geral, entrei numa fase de parar pra perceber como meu corpo reage a certos alimentos, o que tem sido bem bacana e já vejo alguns resultados.

É muito assunto pra manga e vou parar por aqui pra que o post não fique gigante, rs.

Vi Liniker falando uma coisa que é fato “O nosso corpo é o nosso espaço de sobrevivência”, e assim como a gente se preocupa com o espaço em que vivemos, com a nossa casa, se está organizado e limpinha, precisamos também do mesmo cuidado com esse espaço ainda mais sagrado que somos nós.

Essa semana fiz três receitinhas básicas e bem saudáveis, decidi então compartilhar com você que queira subir nesse bonde:

1- Panqueca de banana 

INGREDIENTES-PANQUECA-1024x682

É tão simples que você faz no intervalo de um programa.

Amasse uma banana, misture um ovo e uma pitada de canela. Leve para assar numa frigideira antiaderente e depois salpique mais uma canelinha por cima.
PANQUECA-DE-BANANA

CAFE-DA-MANHÃ-1024x707

2- Suco verde

Pra acompanhar, esse suco verdinho.

Sempre tive preconceito com suco verde, não vou mentir não. Mas descobri que o tal do limão deixa tudo gostoso (Não é a toa que amo tanto uma caipirinha) então tem sido bem tranquilo tomar essas misturas loucas.

Bati no liquidificador duas folhas de couve, uma maça (Que tirei a casa, mas obviamente fui uma tonta, a casca é poderosa e não deve ser desperdiçada) e suco de um limão. Bebe sem coar, beleza? Se precisar adoçar, coloca um melzinho.

SUCO-VERDE-INGREDIENTES

SUCO-VERDE

receita de suco verde

-Sopinha de abóbora com gengibre

SOPA

Por fim, essa sopa rápida de abobora que você faz em 20 minutos.

Coloque na panela de pressão duas xícaras de abobora picadas, uma cebola, um tequinho pequeno de  gengibre (uns 3cm) e coentro. Após 10 minutinhos de pressão, bata no liquidificador com dois dedos de água e tá pronta.

Joguei um frango desfiado depois e comi com uma torrada integral. Delícia.

COZIDO
SOPINHA

 

E ai? Quem se anima? Alguém tem também uma receita saudável pra compartilhar? Manda aí nos comentários que quero testa aqui em casa.

 


  • Fabiana Neves

    Em 25.Nov.2016

    Ótimas dicas Ana! Na primeira receita, pode variar acrescentando 1 colher de tapioca (polvilho umedecido com água), no preparo. Fica uma crepioca de banana muito boa e saudável.
    Bjs

    Responder

  • paula

    Em 25.Nov.2016

    vc está idêntica ao seu caçula nessa foto do suco verde!
    Linda!

    Responder

  • ana maria braga

    Em 25.Nov.2016

    Como é difícil manter um corpinho mais ou menos em dia.
    Se formos ligar para opinião publica, vamos ficar muito ruim.
    Amei suas receitas.
    Bjs e boa semana.

    Responder

  • luana wasseleski mendes

    Em 25.Nov.2016

    Amo teu blog há anos… E a cada postagem também te amo mais! Tenho um caminhão de elogios para fazer aos teus textos, mas sobre esse, especialmente, quero aplaudir! Que possamos mostrar nossa cara e nosso corpo, que possamos nos impor acima desse padrão inatingível que nos colocaram! Parabéns Ana! que sejamos mais de você.
    Ps: Só consegui ver teu Vinico na foto do suco!

    Responder

  • Flávia França

    Em 25.Nov.2016

    Esse texto vai além de receitas, ou perda de peso, ele te diz, se ame minha filha e vá ser feliz. E quando achar que tem que melhorar, melhore, porque o ser humano tem que ser evoluído!
    Beijos Ana!

    Responder

  • Jessica Kamille

    Em 25.Nov.2016

    Uma receita delícia de lanche: pãozinho de inhame!

    Ingredientes:

    – 1 e 1/2 xícaras (chá) de inhame cozido amassado;

    – 1 xícara (chá) de polvilho azedo;

    – 1 xícara (chá) de polvilho doce;

    – 1/4 xícara (chá) de óleo ou azeite de oliva;

    – 1 colher (sopa) de água fervente (uso a do cozimento do inhame);

    – sal a gosto.

    - meia cebola roxa picada

    - algo poró picado a gosto

    Mãos à obra:

    1. Preaqueça o forno a 220 graus.

    2. Misture todos ingredientes e sove a massa até desgrudar das mãos. Se necessário, acrescente mais 1 (uma) colher (sopa) de água.

    3. Unte uma forma com um fio de óleo e passe um pouquinho de óleo nas mãos.

    4. Modele os pãezinhos manipulando a massa fazendo pressão com as mãos, compactando-as e fazendo as bolinhas.

    5. Coloque as bolinhas na forma, deixando um espaço entre elas, para que não grudem.

    6. Leve ao forno por aproximadamente 30 minutos.

    Responder

  • Cabeça de Frade

    Em 25.Nov.2016

    Olha Ana, eu sou bem natureba pra comer, mas nunca tinha pensado nessa panqueca de banana! Adorei as três! E olha que tu me deu ideia de fazer panqueca com qualquer coisa, acabei fazendo com abóbora cozida que tinha na geladeira e deu certo também! Beijo!!!

    Responder

  • marlene

    Em 25.Nov.2016

    bom dia,gostei muito de tudo

    Responder

 

PageRank

Conheça nossos produtos