Menu
  • Regionalismo, design e móveis

    banner-topo cangaço

  • Como pintar um móvel de madeira

    banner-topo móvel

Em 10.04.2015 - Por Gabi Kopko

Inspiracao: Frida

 

frida01

É impossível entrar nessa casa sem olhar, de perto, para essa família. Aqui confesso meu amor por essa história, expressa num filme que mesmo que fosse muito ruim, ainda assim teria a força própria dessa mulher te atraindo para a tela. Gritaria para que você parasse para “dar seu like”, my friend.

Tudo bem…Você pode achar a Frida bigoduda, ela podia andar com o sovaco cabeludo, pode dizer que ela era excêntrica e que sua arte, seus quadros… são um tanto que assustadores, mas sobre essa opinião, eu diria pra ir com calma. Tente…tente entender. Tá bom, mas uma que sou fã e isso aí a gente vai conversando no caminho.

O que essa filme nos traz é a própria vida, ainda que de forma resumida,  da artista mexicana Magdalena Carmen Frida Kahlo Calderón. Frida foi um dos principais nomes da história artística do México e é uma das mulheres latinoamericanas mais conhecida mundialmente por suas pinturas. Ela teve também um casamento aberto e conturbado com Diego Rivera, que além de marido era seu companheiro nas artes. O filme foca seu acidente, que a deixou na cama por vários meses e trouxe muitos problemas para sua saúde, e ainda essa relação dela com Diego, os amantes de ambos e sua bissexualidade.

A gente começa então com a casa dos pais da Frida, onde ela viveu sua juventude. Acho que para entendermos todas as imagens aqui, temos que nos despir daquilo que  desconhecemos da própria cultura mexicana. Ainda, aquilo que é diferente da nossa própria cultura para poder apreciar. Miga, essa casa é super ultra mega culturalmente mexicana e não adiante torcer o nariz. A família da Frida tinha muito orgulho disso e em quase todos os ícones, vamos ver essa influência.

  frida03

Esse pátio é enorme. Vamos ver em outras imagens. Lá no fundo, a gente vê algumas janelas e portas. O terreno foi tão bem aproveitado que quase em todos os cômodos você tem a entrada da luz desse lugar. E como as janelas são grandes, a luz natural entra bastante no interior. Eu sempre digo que isso me traz aconchego, né?! Mas realmente gosto da claridade que traz, de como favorece a ventilação do ambiente.

frida04

Como vemos nessa foto da cozinha. Tudo bem que era uma época diferente e aí acho que era lá por 1925, mas eu lembro da casa dos meus tios no interior, de uma chácara que uma vez eu fui. Sempre achei legal aproveitar a vista e misturar essas coisas que citei. Detalhe para aquela parede ali atrás num tom meio terroso e essa mistura com a madeira…

frida05

Tem um detalhe que acho bem legal aqui que é aquela mesa entre a mesa de jantar e o fogão (que você vai ver depois também). Ela é uma mesa meio que de preparo das coisas e a gente vê pendurado ali os utensílios do dia a dia, talvez os mais usados e também alguns alimentos. Aqui atrás da Frida um papel de parede florido amarelo,fazendo contraste  com esse tom terroso das outras paredes.

frida07

A gente vê pouco do resto da casa até aqui que é o momento depois do acidente. Até então também vemos poucos dos seus desenhos, suas frases, mas já identificamos alguns detalhes que transformam onde a Frida está num lugar com sua personalidade. Eu amo a ideia da cabeceira da cama ter as fotos pregadas. Acho que é a foto do namoradinho dela e do pai.

frida09

Como o acidente a deixa bastante limitada, o pai e a mãe da Frida (Por uma vida com mais gente que encoraje os outros ) resolvem ajudá-la a continuar investido seu tempo naquilo que ela acredita e quer fazer. Colocam um espelho no teto da cama para que ela possa se ver e fazer os seus retratos,  e aí o cenário muda  já que ela pinta bastante. Olhem as paredes! Como mudaram… As fotos na cabeceira mudam, mas a ideia continua lá.

frida10

O chão é outra coisa que tem nos quartos dessa casa e que eu amo. O papel de parede desse quarto e essa cama também são incríveis.

Após vários acontecimentos que não vou contar pra não perder a graça, a Frida resolve fazer uma reforma na casa.

E o lugar que era assim….

frida11

Fica tcharãaaaaaaam…

Ali no canto direito tem três caixinhas na parede que gosto muito do contraste que dão com o azul e os cactos, meu povo. Sim, sabemos que são típicos dessa região, mas cactos são tudo de bom. Eles sobrevivem bem dentro e fora de casa.

frida12

Por dentro, a casa também muda bastante e diferente da parte externa que apresenta cores bem contrastantes, no interior há influência da personalidade forte de Frida, mas de uma forma muito harmoniosa e mais sútil. O que eu me ajudou muito a compreender essas combinações foi perceber que a própria Frida é única e valoriza muito a sua cultura e raízes. Sei que não estamos falando aqui, por exemplo, das roupas da Frida, mas até nisso, ela buscava MUITO se segurar naquilo que acreditava e não digo apenas só na aparência e sim, naquilo que acreditava como pessoa. Tanto que tem vários momentos obscuros, de fossa, nessa trajetória e que ainda assim, sendo Frida, eles são manifestados de forma intensa.

frida113

Não confundam diadema de flores com uma vida de flores. Todo mundo tem seu momento estranho e ela teve vários e fez muitas coisas pra tentar superar isso. Minto, acho que todo seu caminho foi assim, mas essa é um dos lugares que ela morou em momento ruim com o Diego e aí vemos suas expressões. Apesar da bagunça, gosto da mala no canto! Amo as paredes rabiscadas!

frida13

Lembra que eu falei da cabeceira da cama?! Aqui já vemos como ela está cheia desses retratos.

frida15

Esse post não acaba por aqui, teremos a parte 2. Até a próxima sexta-feira. Aqui o trailer do filme Frida (Ah, tem no Netflix!) :


Em 10.04.2015 - Por Ana Medeiros

Como pintar um móvel de madeira e a minha mesinha nova

Talvez um monte de gente saiba muito bem como pintar um móvel de madeira, mas como vivemos falando aqui sobre esse assunto e sugerindo ideias, resolvi fazer mais uma vez esse passo a passo maroto. Antes de qualquer coisa, vamos a algumas considerações básicas importantes:

-Existe no mercado tinta específica para pintar madeira, assim como outros materiais complementares que são de extrema importância, como  a massa para cobrir imperfeições na madeira e o primer fundo nivelador. O primeiro o nome já diz tudo, o segundo serve para passar antes da tinta propriamente dita, uniformizando a absorção nas superfícies da madeira , melhorando o aspecto final da pintura e aumentando o rendimento da tinta de acabamento.

-Tem um móvel desses com revestimento brilhante e bem lisinha e quer pintá-lo? É o seguinte: Qualquer móvel com revestimento, seja ele da loja mais cara ou mais barata da cidade, não é aconselhável jogar tinta em cima. Pode cobrir? Pode. Vai gastar mais material? Vai. Vai durar? Provavelmente não, vai começar em pouco tempo a descascar. E qual a solução? Podemos falar disso em um outro post.

Agora falar sobre a minha pintura, rs.

O Leo fez um movelzinho da loja com a medida errada, se distraiu e pá! Acontece né? Daí ele falou que ia desmanchá-lo pra aproveitar a madeira, e eu que não sou boba nem nada, pedi a caixinha pra mim. A boa mesmo é que fazer uma mesinha dessas é muito simples e você pode até usar uma gaveta que iria para o lixo ou um  nicho desses que já encontramos prontos em lojas de decoração.

Como tive a sorte de pegar uma madeira crua, não precisei passar pelas etapas mais chatas do processo de pintura, que é justamente a não-pintura: Limpar bem o móvel, lixar para tirar qualquer verniz, cera, tinta anterior. Parti diretamente para o primer que falei logo no inicio do post.

como pintar um móvel de madeira1

Antes de pegar o rolinho e pince, isolei com fita crepe os limites da minha pintura, para que não fizesse sujeira em algumas superfícies que eu não queria pintar.

como pintar um móvel de madeira20

Então com rolinho fui passando o primer. Em lugares que o rolinho não alcança, como os “cantinhos”, um pincel fino resolveu.

como pintar um móvel de madeira3

Passei somente uma demão, mas aconselho a todos a passar duas, principalmente se o seu móvel já tinha alguma pintura anterior, enfim, o certo mesmo são duas demãos, hahaha. Como eu também não estava preocupada em fazer algo tão profissa, não usei a massa para cobrir os buraquinho e nivelar a madeira. Para um móvel de pintura perfeita, é aconselhável.

Antes de aplicar a tinta propriamente dita, passei uma lixa fina para uniformizar melhor.

como pintar um móvel de madeira4

Daí comecei a pintura. Essa tinta eu ganhei da Coral e ela é um tinta de parede. Oi, como assim? Pois é, não é uma tinta específica para madeira, mas eu quis testar se funcionaria e deu certo.

como pintar um móvel de madeira5

como pintar um móvel de madeira6

como pintar um móvel de madeira7

Aproveitando que estava com a mão na massa, peguei uma cabeceira de 20 anos atrás, que era dos meus pais e que veio parar aqui em casa e coloquei ela pra jogo também. Confesso que deveria ter lixado ela completamente, mas como ela também é de madeira crua e maciça e há um bom tempo ninguém passa cera ou verniz nela, fui de primer + tinta e só. Façam o que eu digo, mas não façam o que eu faço, hahaha.

como pintar um móvel de madeira8

Voltando pra mesinha…

Depois de esperar o tempo de secagem das duas demãos de tinta, hora de tirar a fita crepe <3 Eita sensação maravilhosa!!!

como pintar um móvel de madeira9

Daí eu tinha um adesivo dando bobeira aqui em casa que sobrou daquela parede da nossa ex loja (Falei sobre ele aqui nesse post) e apliquei no tampo do movelzim e tirei os execessos com o estilete.

como pintar um móvel de madeira10

como pintar um móvel de madeira11

Levei para a oficina pro Leo colocar os pés palitos (Não que eu não conseguisse, mas como ele já estava fazendo o outro móvel e com a mão na massa, né?) e  ”Vira aí pra eu tirar uma foto pro post dessa etapa, amor”. Ele me vira com essa cara de garoto propaganda, lindo, gato, maravilhoso. Hahaha, ai gente, desculpa. Beijo meu marceneiro preferido.

como pintar um móvel de madeira12

Voltando pra mesinha mais uma vez…

Queria fazer as meinhas os pés, que mostrei no começo da semana. Então mais uma vez a fita crepe. Dessa vez não apliquei o primer (Por puro esquecimento mesmo).

como pintar um móvel de madeira13

como pintar um móvel de madeira14

E aqui a mesinha pronta com a cabeceira que também colei adesivo.

Esse será o quarto de hóspede que estou decorando no momento com as coisas que já tenho aqui por casa mesmo, reaproveitando, pintando, usando a criatividade. Os pezinho como vocês já devem saber, é fabricação nossa e vedemos lá na lojénha do blog, quem quiser colocar a mão na massa, passa lá! 

como pintar um móvel de madeira15

como pintar um móvel de madeira16
como pintar um móvel de madeira17

Mostro esse ambiente todo prontinho na próxima semana tá? Quem quiser ir espiando antes, espero vocês lá no Instagram e Snapchat (@avoqueria). Agradecimentos especiais a Jaci, que trabalha aqui com a gente, e a Angela, minha irmã. As duas ajudaram um monte, apesar de não terem aparecido nas fotos, rs.

Agora me digam: O que acharam????

 


Em 09.04.2015 - Por Ana Medeiros

Blog Mara: O que colocar na mesinha lateral?

blog mara

Noutro dia falamos aqui no blog sobre como decorar centro de mesa, particularmente sempre tinha algumas dúvidas e ficava meio indecisa sobre o que colocar além de uma cesta de frutas(antigamente a minha vó fazia muito isso) ou um arranjo de flores artificiais do Jorge Tadeu, haha.

Hoje o assunto é bem parecido, mas agora a pergunta que não quer calar é: O que colocar na mesinha lateral? É difícil não termos uma mesinha que fica ao lado do sofá ou ao lado da cama né?

O post completo está lá no Blog Mara e espero que ilumine os pensamentos de quem anda precisando de uma ajudinha pra responder essa pergunta =)

04


Página 3 de 3651234567... 365Próximo

Conheça nossos produtos