• Conheça o nosso novo projeto!!!
    fazer o que banner
Em 08.05.2017 - Por Ana Medeiros

Supere a neura das cores na hora de decorar a sua casa (Manual parte 2)

Mais um episódio do nosso carinhoso Manual de decoração para pessoas perdidas e desajeitas.

Vamos falar sobre as danadas das cores?

Antes de tudo peraê: Tu já viu o primeiro post onde falamos sobre encontrar um estilo na decoração? Se tu não viu vai lá porque as coisas aqui se complementam, que nem feijão com arroz.

Agora seguiremos com os gritos desesperados das leitorinhas mais surtadas das internê e decidi fazer diferente: Escolhi 5 perguntas e nelas vamos falando sobre o assunto, beleza?

1 – “Pintei a sala de vermelho sensual uma parede só as outras estão brancas e o teto também o móvel da tv é preto os sofá vou fazer em paletes de cantos, mas não sei que cor colocar os assentos e as almofadas.” Cristina.

vermelho final

 

Cris, nós temos três saídas e isso é para qualquer cor que exista no mundo:

Ou a gente busca as cores análogas, ou corremos para as complementares ou chutamos o pau da barraca e dizemos apenas “Porque sim” (Tipo…pintei porque sim, fiz porque sim, escolhi essa cor porque sim”).

Basicamente é isso aqui que vemos nesse círculo: As complementares são as que são opostas e as análogas as que são vizinhas.

Pegando o exemplo da sua parede vermelho sensual (achei bem ousado #dalecris), os tons mais “adequados” seriam os esverdeados ou azulados, mas você também pode optar pelo tons de rosa e lilás ou alaranjados. Se for uma pessoa mais discreta ou tiver com medo de enjoar rápido de uma cor, porque não investir no verde oliva, que é mais sereno, no salmão ou outros tons mais suaves puxados para o bege? Só lembrando que todas essas cores também podem ser usadas em conjunto. Algumas pessoas amam vermelho+preto, ou vermelho+amarelo.

cores_circulo_cromatico_analogas_complementares

Então te aconselho a começar a pensar através desse círculo, viu leitor????? Salva ele na sua pastinha do Pinterest ou na barra de favoritos! Imprima, plastifique, guarde. Ela é o princípio de tudo, beleza?

Mas como eu sou essa pessoa que vai te alfinetar, de cutucar, te tirar da zona de conforto, quero te perguntar mais uma vez: O QUE TE FAZ PENSAR QUE AS COISAS SÓ PODEM FUNCIONAR DENTRO DE UM MODELO? Sim, é verdade, temos toda uma ciência das cores que existe justamente pra trazer essa harmonia, esse conforto visual, mas você não depende dele pra sua casa ficar linda DO SEU JEITO. Então se por acaso o seu sofá é amarelo gema de ovo (como o meu) e tu decide por uma parede azul claro (como a minha) ao invés de um tom mais lilás/roxo, TÁ TUDO CERTO.

A gente tem a mania de se cobrar demais e não admitimos errar nem quando estamos decorando o nosso próprio mundo. Estamos chatos. Errou? Conserta. Não gostou da cor? Pinta por cima.

2 – Eu adoro cores e estampas! Fico sempre com medo do mix de emoções, porque não gosto de poluição visual. Amo o contraste de coisas modernas e retrô, industrial. Sempre fico com o receio de ficar DEMAIS e exagerado. Como lidar com essa indecisão de geminiana?” Virgínia

Ah essas geminianas…

Vamos falar sobre a poluição visual? Geralmente essa sensação vem quando nos deparamos com um amontoado de cores, desenhos, objetos, letras, tudo e todas juntas e misturadas, confere produção?

Mas olhando essas imagens abaixo, você consegue ter essa impressão? Procuro poluição visual aí e não acho. Temos tecidos em perfeita harmonia: Os mesmos tons de cores em diferentes estampas, independente se ela é listrado, floral ou de bolinhas. Taí o segredo.

estampas finais

Certamente duas almofadas com estampas completamente diferentes podem te trazer de imediato um bico feio entortando as bochechas, mas se elas tiverem as mesmas cores, elas provavelmente ficarão lindas em cima do seu sofá.

Dona Virgínia, será um mix de emoções maravilhoso =)

Poluição visual passeia principalmente por um consumismo sem freio ou mania em acumular coisas, viu? Mas tudo bem, isso é um outro assunto.

Mas pra te ajudar e aprimorar os sentidos e sua intuição, vamos fazer o seguinte: Que tal criarmos um ser dominante?  Pode ser a cor de uma parede, um móvel ou uma cortina. Uma estampa de tecido também pode determinar, se você quiser, toda a paleta de um cômodo da sua casa,  você  pensar do micro para o macro pode ser uma boa alternativa.

3 - “Vou casar esse ano e mudar para um apartamento pequena (se não me engano são 45m²). E meu noivo tem um estilo bem diferente do meu e é super ligado em decoração também, ou seja, opina e participa em tudo. Ele gosta de tons de cinza, vermelho, azul, amarelo. Eu gosto de verde, vermelho e preto. Detesto amarelo (única cor que não gosto e é justamente a preferida dele…). Estamos usando principalmente vermelho na decoração, procurando por peças com designs mais modernos. Mas às vezes bate aquele desacordo… Como decorar um espaço tão pequeno, com estilos diferentes e que tenha a cara dos dois?” Carol.

cores amarelo e verde

Falando em cortinas, há um tempo minha irmã comprou uma numa pegada romântica, coisa mais linda. Daí dias depois meu cunhado comprou um sofá de couro preto. Ambos estavam na sala de estar. Sério gente, a cortina e o sofá definitivamente eram opostos, parecia não ter solução.

Daí ela jogou sobre o sofá uma manta de crochê que tinha um tom bem clarinho bem parecido com o voal de dentro da cortina de estampa floral, colocou um espelho bem retrô com uma moldura preta na parede, o rack era branquinho, mas nele estava lá a telona preta da TV, uns pôsteres com umas ilustrações delicadas e  outros somente com tipografias…Tudo foi entrando em harmonia e logo em seguida a cortina romântica estava morrendo de amores pelo sofá brutão.

Então a minha dica é : Fica sempre mais fácil se você começar com um só protagonista, mas se dois estiverem disputando, faça com que eles virem amiguinhos. É como dizem por ai “Organizando direitinho todo mundo transa”, hahahaha.

Agora Carol, pelo menos uma coisa vocês já tem em comum, o gosto pelo vermelho. O amarelo pode entrar em objetos menores, assim como o seu verde. E combinar o retrô com o moderno nem é tão complicado vai…tem um monte de posts aqui no blog que mostram decorações que unem justamente esses dois estilos, lembra desse ap?

4 - “Não posso fazer tudo de uma vez, então queria começar por um primeiro item pra definir as cores e estilo do resto da decoração. Por onde começar? Na sala tenho uma mesa verde/azul turquesa e um sofá cinza. E agora? Coloco uma cortina colorida ou neutra? Tapete colorido ou neutro? Gosto de cores complementares, mas como e onde aplicar?” Carol Duarte.

Olha aí o que falei mais acima, a técnica marota de pegar um protagonista pra te “guiar”. Confesso que fiquei aqui imaginando no turquesa e no cinza e a primeira cor que me veio na cabeça foi o amarelo, mas também vamos combinar que nosso olhar já anda meio acostumado com essa combinação.

Se a dúvida for adicionar mais cores nos outros elementos na decoração, eu optaria por fazer uma boa distribuição balanceando as coisas. Colocaria um cortina colorida e um tapete neutro, de repente. E veja bem, meu bem, cores podem ser aplicadas em qualquer objeto, móvel, textura, tecido, material, estrutura que companha a sua casa.

cinza final

5“Minhas principais dúvidas são: quais cores, que cores e quantas cores devo escolher para cada ambiente? Se depender de mim, tudo será cinza e amarelo, mas nunca sei qual o “ponto certo” entre cores lindas e cores neutras na decoração!” Roberta.

Quais, que e quantas cores? Bisha, primeiro tu pode desprender-se de todas essas perguntas, liberte-se! Tu és livre e podes usar todas as cores do arco-íris, incluindo todas as suas variações. Também podes usar uma cor que predomine em todos os cômodos, mas que em cada um deles ela converse com elementos e outras paletas de cores diferentes.

Exemplo: Aqui em casa o preto sempre se faz presente. No quarto dos pioios ele vem com o azul, o verde e o branco. No meu quarto o preto está com o turquesa, o vermelho e rosa choque. Na sala de estar vem conversando com o amarelo e o azul. Então tudo pode ser cinza e amarelo na sua casa se você achar que deve ser, combinado?

colorido

O “ponto” vai depender das suas intenções e você pode usar todas as outras dicas que falamos acima. Agora o “certo” só depende da gente se sentir bem mesmo, e isso é algo muito subjetivo,  quando falamos sobre cores e quando falamos sobre decoração

Querido leitor, não se maltrate, não se prenda nesses padrões que ditam três cores para cada cômodo da sua casa, da SUA casa. Não tenho essas respostas, use o bom senso, a intuição, é um apelo pra que você seja menos crítico ao seu espaço e jeito de morar. Se você sentir medo de exagerar ou deixar tudo “apagado” demais, você não está pensando na sua existência enquanto ser cheio de vontades, ideais, emoções, você está querendo apenas um fórmula pronta ou elogios das visitas. Supere o jeito certo, a cor ideal, a combinação de estilo perfeita. Divirta-se.

 Então bora pro resumão?

1- Vimos o basicão do basicão sobre “combinação” das cores.

2- Depois a dica para facilitar a escolha da sua paleta de cores, partindo de um elemento principal, que também chamamos de protagonista. Pode ser um móvel, um tecido, uma cor de parede.

3- Que a sua cor preferida pode fazer parte de todos os cômodos, inclusive em cada um deles criando combinações diferentes.

4- E que sim, você não necessariamente precisa seguir regras, as suas escolhas podem ser guiadas por sua intuição, por suas emoções e por sua personalidade.

Só que esse é um assunto MUITO VASTO e fantástico! Aqui foi somente uma parte bem pequena, um bate papo entre nós, viu? Se formos levar em consideração que existe uma cadeira inteira na faculdade e cursos totalmente dedicados aos estudos das cores, esse postinho não vale um pão com ovo, hahaha.

As cores não são só responsáveis por uma casa “decoradinha”, elas provocam, acolhem, despertam, são poderosíssimas e teremos muito o que conversamos sobre elas. Pra gente estudar mais sobre o assunto, separei aqui algumas indicações de livros:

cores 4

Este livro aborda a relação das cores com os nossos sentimentos e mostra como as duas coisas não se combinam por acaso, já que as relações entre ambas não são apenas questões de gosto, mas sim experiências universais profundamente enraizadas na nossa linguagem e no nosso pensamento. Organizada em treze capítulos, correspondentes a treze cores diferentes, a obra oferece um rico painel de informações sobre as cores: de ditados e saberes populares até sua utilização na área de design de produto, os diversos testes baseados em cores, as terapias cromáticas, a manipulação de pessoas, os nomes e sobrenomes relacionados com as cores etc. A diversidade desta abordagem faz do trabalho de Eva Heller uma ferramenta indispensável para todos os que trabalham com cores: artistas, terapeutas, designers gráficos e industriais, decoradores, arquitetos, designers de moda, publicitários, entre outros Mais sobre/comprar:  A Psicologia das Cores. Como as Cores Afetam a Emoção e a Razão

cores 6

Esse foi indicação da Clau Souza e super me despertou a curiosidade, olha só o que ela disse: Ana, A Cor Desconstruída, da Tricia Guild é fantástico! Lá ela fala sobre o significa de algumas cores em diversas culturas, o uso dessas cores na decoração e muitas referências visuais Sério, se vc não leu esse, precisa

cor

A autora inova ao mostrar, a partir do legado deixado pela Bauhaus, como a cor pode ser inserida no processo criativo e quais suas implicações na transmissão de sentimentos, sensações e mensagens. Para isso ela avalia a metodologia didática de quatro de seus grandes mestres, além da marcante influência da obra de Goethe sobre a escola.

Mais sobre/comprar: A Cor no Processo Criativo

Agora vamos bater um papo aí nos comentários. Me fala se esse post te ajudou de alguma forma e como é a sua relação com as cores na sua casa?


  • Gabi Kopko

    Em 08.May.2017

    Migs, tô aqui num vai e vem doido na tela pq amei o texto, as referência e tô tentando combinar mais de uma opção tipo intuição, mix de estampas e todas as cores que amo. Pode produção? Pode aprender vaárias coisinhas e ainda seguir o coração, né?! hahaha Deixe aqui seus contatos pra eu te contratar pra uma consultoria, please! Você é muito da esperta! Adoro! :)

    Responder

  • Carol

    Em 08.May.2017

    Obrigada por responder minha pergunta!!
    Estamos nos acertando na decoração rsrs
    Já temos paredes cinza e azul, cortina dourada, uma estante vermelha e uma branca no apartamento. Nos detalhes estamos conseguindo encontrar detalhes que agradem aos dois e estou aceitando um pouco mais o amarelo. Nosso quarto já está quase finalizado, faltando alguns detalhes somente.
    Até o momento não conseguimos decidir o sofá, mas meu sonho sempre foi um sofá vermelho e ele aceitou! Estamos em busca do modelo certo para o espaço pequeno que temos…
    Fico pensando aqui: se é tão difícil decorar um apartamento pequenininho como esse, imagine aqueles enormes que vemos nos sites e blogs por aí?? É pra pirar!! kkk

    Obrigada, beijos

    Responder

 

PageRank

Conheça nossos produtos