Virou uma febre os pôsteres na decoração. Além de preços acessíveis e a disponibilidade para baixar gratuitamente em vários sites na internet, a variedade enoooorme de ilustrações para todos os gostos e estilos, faz com que a cada dia eles fiquem mais populares e usuais nas casas tupiniquins. É legal? Claro que sim. Garanto que paredes brancas e sem graça estão quase em extinção. Lojinhas bacanas nesse segmento estão bombando na web, a “galera” do design anda super inspirada e ganhando uma graninha boa e reconhecimento merecido.

Ok, muito massa, mas posso falar? Cadê os retratos pintados com a velha e querida tinta a óleo? Onde foram parar os quadros de natureza morta e paisagens? E os abstratos com suas técnicas doutro mundo, rs?  Alguém anda vendo por aí figuras bordadas em molduras lindas? Em quantas casas de amigos seus, você encontra um retrato da família reunida nas paredes? Ah, sem falar das belas fotografias que são um deleite para os olhos…

Claro, não estou falando que o sumiço se deu por completo. Agora a impressão que tenho é que tudo isso faz parte de um mundo analógico, distante, coisa de casa de vó. Assim não dá, a arte em sua totalidade precisa viver, até na decoração das nossas casas. Tudo junto, misturado, ao gosto do freguês.

Essa reflexão não surgiu do nada, e sim depois que me deparei com as imagens da casa abaixo. Linde de viver e de ver…

Você não acham?

casa com pinturas de retrato1

casa com pinturas de retrato3

casa com pinturas de retrato4

casa com pinturas de retrato5

casa com pinturas de retrato6

casa com pinturas de retrato7

casa com pinturas de retrato8

casa com pinturas de retrato9

casa com pinturas de retrato10

- O Leo além de ser esse multitarefas que vocês já conhecem, também já fez lindos retratos a óleo (Não faz mais, falta de tempo). Qualquer dia desses mostro pra vocês algumas aqui em casa. Aqui um antigo blog dele.

-Aqui, aqui, aqui, tem post mostrando onde baixar alguns pôsteres, oh my God.

-Noutro dia falamos de fotografia na decoração aqui no blog, lembram?

-Também tem outro post falando da disposição dos quadros na parede.

Como o próprio nome diz, ele serve  pra guardar um monte de coisas e é coringa na decoração. Mas muitas vezes você olha pra aquele movelzinho e fica meio perdido sem ideias de como usá-lo, ou como deixá-lo mais charmosinho, já que são vendidos geralmente sem nenhum borogodó.

Resolvemos então te mostrar possibilidades de uso e maneiras de customizá-lo, utilizando apenas o nosso querido amigo de todas as horas: O adesivo vinílico, yeah!!!

01

Diferente do que muita gente pensa, o armário multiuso pode sim ser usado na sala de estar, cadê proibição no livro penal? Então pronto. E serve muito bem pra organizar cds, dvds e até livros.

03

 

Na cozinha ele também é muito útil. Como despensa ou para guardar os 564 potes de plásticos (Inclusive os de sorvete, hahaha) que a gente vai acumulando né? Ah, acho que serve muito bem pra guardar panelas.

Aqui você pode brincar mais com o contact e fazer algo bem divertido.

02

No quarto além da possibilidade em guardar edredons, lençóis e travesseiros que estão em uso no dia a dia, você pode usá-lo como sapateira, já que geralmente elas são vendidas num tamanho menor. A nossa dica aqui é deixar ele no seu “estado natural”, trazendo uma leveza pro quarto e deixando tudo mais clean, mas se você não se aguentar e quiser customizar de todo jeito, que tal trocar os puxadores? =)

05

Aqui em casa temos dois armários no cômodo que fazemos de escritório e não sei o que seria da organização do espaço sem eles, então eu diria que é quase uma necessidade de primeiro grau, rs.

04

 

Gostaram das dicas? Mais alguma sugestão de uso? Na área de serviço pra guardar material de limpeza, no quarto das crianças para armazenar os brinquedos, e se você tiver ainda um banheiro com espaço razoável, fica ótimo pra guardar toalhas e materiais de higiene.

Você pode encontrar o modelo de armário apresentado nesse post em qualquer loja da Marabraz, super parceira desse bloguito.

SELO-marabraz

Na última vez que fui ao Rio, lá comecinho da gravidez do Bê, dei uma passadinha no Saara e comprei umas peças de MDF com desenhos de gaiolas de passarinho. A minha ideia era fazer algo para o quartinho ou enxoval dele, mas os meses se passaram, o menino nasceu, daqui a pouco tá prestando vestibular e as gaiolinhas não saiam da gaveta.

Até que hoje resolvi fazer o que mais gosto de fazer nessa vida: Passo a passo pra esse blog esforçado e querido. Comprei dois metros de tecido branco, algumas tintas para tecido e juntei as gaiolinhas debaixo do braço. Chamei o marido, troquei a frada do mini pioio e fui para o meu lugar oficial de tutoriais a partir de hoje, que será nesse espaço lindeza da galeria onde fica a nossa lojinha física (E antes que me perguntem, já falei dela aqui e das mesas e cadeiras também nesse outro post).

_0ESTAMPANDO_TECIDOS_01

Essas peças de MDF vocês encontram em qualquer casa de artesanato. O rolinho comprei numa casa de materiais artísticos lá em SP, mas você pode improvisar com qualquer rolinho de massa, um pedaço de cabo de vassoura, etc.

_0ESTAMPANDO_TECIDOS_02

Daí foi só começar a brincadeira, que tá bem explicadinha nas fotos abaixo:

_0ESTAMPANDO_TECIDOS_03

Primeiro fiz todas as gaiolinhas pink, deixando espaço para as gaiolas amarelinhas que viriam depois. Ameeeei o resultado final e já penso em uma almofada compridinha.

_0ESTAMPANDO_TECIDOS_04

 

Agora com um pedaço de tecido maior e com mais firmeza e segurança, haha, arrisquei estampar o tecido com as peças grandes.  E não sei vocês, mas enxergo uma passadeira de mesa em potencial, me aguardem!

_0ESTAMPANDO_TECIDOS_05

Pensando seriamente em reunir uma galera por essas bandas e fazermos uma oficina de estamparia aqui em Gravatá City. Já estou lendo um livro bem bacana e vou testar outras técnicas pra ficar mais sabidinha.

Com seus tecidos personalizados as possibilidades são muitas: Fazer almofadas, cobrir a cúpula de um abajur, fazer fronhas, passadeira de mesa, cortinas…O céu é o limite, Brasil!

Gostaram? <3

No nosso terceiro e último post em parceria com a Santista (aaaaaaaaaah) , venho mostrar pra vocês as cortinas da linha Essencial.

Escolhi a janelona do nosso quarto/closet pra fazer composições com as cinco cortinas diferentes que recebi, e aqui o resultado dessa deliciosa brincadeira, hahaha:

Primeiro testei a mais escura, um tom cinza bem bonito (Londres Cinza), com a cortina listrada (Atenas Cinza), AMO de paixão tudo que tenha listras. O resultado foi bem bonito e a paleta de cores se encaixou com as cores do nosso quarto, além das duas serem super elegantes:

CORTINAS_SANTISTA_02

Depois testei os tons mais neutros, usando uma marrom (Londres Marrom) com uma estampadinha (Madrid Bege) bem charmosa. Também gostei do resultado, e principalmente do aconchego que trouxe por causa da luz bonita que passa através delas. Sim, se você nunca parou pra pensar nisso, saiba que a cor da cortina que você vai usar no ambiente, influência a luz que você vai obter no cômodo.

CORTINAS_SANTISTA_03

Deixei por último a que mais gostei, a Berlim rosa. A cor dela é uma graça, um rosinha retrô com uma estampa de folhagens lindíssima. Se apaixone comigo você também:

CORTINAS_SANTISTA_01

As cortinas da Santista são produzidas 100% no Brasil, os ilhoses quadrados são super moderninhos e a bainha inferior dupla de 8 cm ajuda num caimento ótimo.

O mais bacana é que a coordenação entre as estampas e as cores lisas possibilita composições criativas e super versáteis, ou seja: Enjoou, trocou!

Quem tem janelas grandes em casa provavelmente já ficou procurando em lojas um casamento perfeito entre duas cortinas né? E quem assim como eu, gosta da cortina mais franzidinha? As cortinas da Santista são ideais para esses casos.

A embalagem contém dois painéis de 1,80m alt x 1,40m larg cada e são indicadas para varões de até dois metros. No site da marca vocês encontram mais modelos.

Continuo a dizer que a qualidade dos produtos da Santista são impecáveis e super acessíveis. Foi um prazer enorme conhecer mais de perto e apresentar pra vocês todos eles.

selopubli06-09-131

Ilustra linda que o Pablo fez depois de uma visita a nossa lojinha física. Mas ó gente, garrei um amor sem precedentes na história.

Traduziu muito bem meu universo paralelo, hahaha, sim ou com certeza?

10525839_729008523821979_4155646105655307702_n

Sapateira de plástico pode ser um item meio desprezado na sua vida, o trocinho que você olha e pensa: Comprar isso aí? Nem pensar, não dura nada!

Talvez pra aguentar o peso dos sapatos e o manuseio de colocá-los e tirá-los no dia a dia, ela realmente seja bem fraquinha, principalmente as mais baratas que a gente encontra em lojas populares do bairro, mas vou te mostrar outras formas de usá-la e nunca mais você fará pouco caso quando se deparar com uma, viu?

sapateira

Tudo aqui envolve “organização” de um jeitinho bem prático. Me diz ai se não é “gênia” essa ideia de guardar os “caçolão” dobradinhos na porta do guarda roupa? Se você tem um armário na despensa, pode guardar todos os itens de cozinha numa sapateira ou os doces e salgados para os dias de dieta zero, ou talvez organizar os lanches das crianças por dia. Na área de serviço vale para separar os produtos de limpeza, e no seu quarto ou banheiro, que tal guardar as maquiagens? No escritório dá pra separar todo o material, e se você for “das agulhas” nada  mais adequado pra separar todo o material.

SAPATEIRAS DE PLÁSTICO

Todas as imagens foram lá do Pinterest, esse danado.