Tudo novo #ACQMVQ 2017

Já são quase 10 anos, são mais de 1500 posts só de minha autoria (contando também com os que foram perdidos), são 3 cidades diferentes e pelo menos 5 casas que morei e que foram “compartilhadas” por aqui. Realmente sinto que dividi uma vida inteira com quem me acompanha há anos, porque o ACQMVQ nunca foi somente um blog de decoração.

Foi pra arquivar as boas ideias, foi pra compartilhar algumas soluções, foi distração e homenagem a pessoa mais importante da minha vida, Dona Edite.
Foi uma jovem perdida profissionalmente (sim eu era jovem hahaha), foi um casal começando uma vida a dois, foi uma família com um filho, depois com dois, foi uma mãe solo, foram tantas reviravoltas ao longo desse tempo. Foi também meio para empreender, pra criar negócios, pra mudar o rumo da vida. Foi capital e interior. Noutros dias foi terapeuta, voltou para os primórdios da sua finalidade enquanto ferramenta de escrita e foi também salvação. Em muitos momentos foi assíduo, noutros ganhou intervalos com ausências expressivas, mas de todo modo e em todas as épocas, foi morada dentro de mim.
Sou muito grata pelas vezes que recebi um email carinhoso, um comentário com uma crítica, apoio, incentivo, relato. Eu realmente me surpreendo quando na noite Recifense entre uma caipirinha e outra, ou no mercado fazendo a feira de mês aqui na cidade do interior, uma pessoa me para e diz “Você não é a Ana do blog?”. Quase sempre fico desconsertada, mas lá no íntimo estou “Cacete, o que eu faço agora? Como devo me comportar?” e geralmente ofereço um abraço, porque realmente é o que tenho mais vontade de fazer com cada leitor que acessa esse humilde bloguénho há tanto tempo. Você que chegou por aqui agora, também sinta-se abraçado.

Mas agora podemos falar dessa nova fase, né? Sim, vocês sabem que geralmente escrevo demais, ainda que sempre me lembrem que a internet agora é vídeo, é velocidade na informação. O que eu faço? Desculpem, eu sou a blogueira coroinha, eu gosto é de sentar meu rabo na cadeira e deixar a conversa fluir pelos dedos, não me julguem, mas fiquem por aqui e não percam o hábito da leitura, por favor. Passem horas no mundo maravilhoso do Pinterest, troquem a TV pelo Youtube se achararem válido, corram com seus dedos nervosos pela tela do celular, mas não deixem de acompanhar seus blog favoritos, não nos deixem falando sozinhos, não abandonem esse outro e antigo tipo de conexão, porque como diz a minha querida Cris Lisbôa, tem coisas que só saem da gente por escrito, portanto, também não deixem de colocar no papel suas ideias e coisas do coração.

O que tenho a dizer sobre esse recomeço? Continuarei aqui com todas as versões de mim. Um dia te mostrando um apartamento lindo e decorado lá na Vila Mariana, numa outra postagem as novidades sobre revestimentos, no dia seguinte um desabafo sobre tarefas domésticas. Daí terá uma outra semana que eu chegarei aqui toda animada mostrando a cortina nova da minha salinha de tv, mas depois te falarei sobre consumo e formas mais significativas de ter uma relação incrível com a sua casa. Continuarei contando meus relatos maternos. Farei tutoriais maravilhosos e outros que te ensinarão algo errado, provavelmente.

Quero existir de verdade, como sempre e ainda mais, quero falar de decoração sim, mas não estranhem se um dia chegarem aqui e tiver muitas fotos da minha cozinha com o fogão sujo ou eu falando do quanto é difícil ser mulher numa sociedade que te oprime pelo simples fato de tu ter nascido com uma periquita. Aqui eu falarei sério, falarei do meu modo as vezes desbocado, vai continuar sendo. Usem a reflexão antes do julgamento, venham ser de verdade aqui também, tá liberado! Esqueceram que aqui é casa de vó? É casa de vó, meu povo. pode, pode e pode!

Então eu te digo com toda a certeza do mundo: Algumas semanas postarei diariamente e até mais de uma vez no dia, mas na outra eu estarei cuidando de alguma virose, envolvida em outro projeto ou simplesmente cansada e sem saco. Sim, o ACQMVQ é um privilégio na minha vida, não consigo me sentir de outra maneira além de muito sortuda por isso aqui hoje em dia pagar as minhas contas e abrir algumas possibilidades, inclusive de passar três dias longe da internet. Eu não posso chegar aqui emburrada, triste eu até posso, mas de mau humor, não. Amém.

Tenho muita coisa pra falar pra vocês sobre esse novo momento, mas acho que também podemos ir conversando aos poucos, né não? Eu acolho vocês, vocês me acolhem. Fechem o navegador, mas voltem amanhã ou depois, porque realmente estou empenhada e com muitos planos, ideias, projetos novos e parcerias incríveis! Também teremos uns nomes novos postando aqui, uns assuntos diferentes, o Fazer o quê? que já já estrearemos. Também tem um outro projeto lindo, mas ainda sendo gestado, sobre nós mulheres, para nós mulheres, por nós, mulheres.

E a nova logomarca do blog? Eu sei, caramba, eu também amava demais a outra, penso em tatuá-la, ainda não tive coragem de falar com Anne sobre essa mudança (ela criou a antiga logo), to fugindo mesmo, mas te digo com toda certeza que tenho no meu coração: Eu precisava mudar tudo isso aqui, inclusive a marca. Sou outra, esse blog é outro, os tempos são outros, o meu estilo também é outro, eu preciso visualmente do novo.

Juntamente com o pessoal do Estúdio86, chegamos a esse resultado de layout e logotipo, estou muito satisfeita. Eles foram ótimos, fizeram tudo em um curto espaço de tempo e sem nenhum estresse, super recomendo. O blog ficou mais clean, organizado e leve. A logo é muito meu universo: A casinha representa o morar, a cadeira de balanço a paixão pela decoração, o símbolo feminino é sobre a minha individualidade, o meu encontro, as minhas lutas, o meu sagrado, e a coroa, a minha querida, amada e idolatrada vozinha, Dona Edite.

Estou feliz e empolgada.

Obrigada por ter vindo, por permanecer ou por ter acabado de chegar. Vocês são massa. Prometo me esforçar mais e melhor.

Xêro

COMPARTILHE
Ana Medeiros
É a neta de D. Edite. Ana comanda o #ACQMVQ e vive diariamente decorando aqui e ali. Trabalha home office produzindo conteúdo para o blog e outras empresas das internetes. É mãe de dois pioios lindos, ama comer, desaguar nas palavras, e não dispensa uma caipirinha no fim de semana. Sabe que ser livre também é perder o controle, que morar é mais do que habitar e que um abraço apertado é melhor que banheira de ofurô.
Faça seu comentário

18 Comentários

  1. Sucesso Ana é só o que posso lhe desejar, seu blog é inspirador e o melhor de tudo, sem as afetações da perfeição que a gente se depara por aí. Já ri e já chorei lendo seus textões e com certeza se um dia vc der o ar de sua bela graça pelas as bandas daqui do Planalto Central eu vou lhe ver e dar um abraço bem apertado! Vai na fé que ela não falha nunca. Bj grande

  2. Parabéns xará! Você merece todo sucesso, tenho acompanhado suas transformações, felicidades em tudo que fizeres! Bjosss

  3. Ôh coisa linda! Muito bom poder acompanhar todas as transformações da vida. Te acompanho desde lá atrás, quando o pequeno ainda tava na barriga, e é maravilhoso ver teu crescimento, teu amadurecimento, tuas conquistas e me identificar com algumas delas, e principalmente ver tua simplicidade, a honestidade com que tu leva esse teu projeto… Parabéns!! E que a mudança nos melhore!!!

  4. Aff… Já entrei aqui de novo pensando que encontraria aquele recado dizendo sobre a tal manutenção e eis que me deparo com esse textão gostoso de ler. Inicialmente achei que estava no site errado, mas logo vi que as coisas mudaram. Adoro mudanças tb e já estou gostando. Que bom que o ACQMVQ está de volta! Seja bem vinda de novo!!!!

  5. Que massa, Ana! Tá lindo! Tu tá linda! E eu tenho certeza que as energias boas vão continuar circulando por essas bandas fresquinhas! Um xêro pra tu, amiga!

  6. Anaaa te acompanho desde sempre, também sou mãe (sozinha) de um menino de 10 anos e adooooro teus depoimentos pq me identifico e não fico me achando a única mãe sofredora do planeta. Amoooo as decorações e não passo mais de 3 dias sem vir pro blog. O novo layout ficou lindo! E por favor não deixe de escrever nunquinha! Parabéns pela nova fase, que ela seja tudo de bom! Bjo

  7. Ficou lindo o site, parece que estou com uma revista na mão.
    Me deu um baque também a troca de logo mas achei esse lindo também. Parabéns e sucesso!

  8. Nossa Ana… tá super! E te resume muito bem (olha eu aqui achando que sou íntima hehe).
    Eu encontrei seu blog quando você já estava de malas prontas pra sair do Rio, mas confeço que me apaixonei mesmo foi na turbulência da sua separação.. não sei, eu me identifiquei, eu invejei a sua força e sua não tão força de encarar tudo e seguir seu rumo. Na época eu troquei algumas palavras com você e sua irmã. Eu me ausentei por um ano das redes sociais mas nunca deixei de ter seu blog aqui no alcance dos meus olhos (então muito obrigada por ter feito questão dessa ferramenta aqui que muitos deixaram pra trás com advento das redes sociais instantâneas). Eu adoro encontrar pessoas verdadeiras nesse mundo de gente que só vive de aparência. São pessoas como você que eu me inspiro: pessoas reais. Então só me resta desejar muito sucesso, e quando o sucesso nem for tão sucesso assim, que você ainda possa sentir prazer alimentando esse canal aqui! Só o ouro pra ti! Beijos

  9. Ana, você parece aquela irmã, prima ou amiga que a gente tem! Tem horas que a gente se solidariza com seus sofrimentos, em outras se alegra e vibra com as suas conquistas e alegrias, em outras se irrita quando você posta algo que a gente não gosta ou não concorda, mas no fim das contas a gente vive junto, vive te perseguindo, te procurando, vive ligando de novo, correndo atrás, chamando pra sair mais uma vez. Acesso o blog diariamente há alguns anos e já vivi todos esses sentimentos, mas sou de casa, tenho essas liberdades. Mais uma vez me alegro com a sua alegria e respiro um pouquinho do que você vive ai, do outro lado do país, do outro lado da tela. O seu”revigorar” me revigora também. Só de ler esse post tenho vontade de largar tudo o que me irrita, começar de novo, do zero. Fazer as malas, colocar um vestido bem florido, mudar pra praia, cortar o cabelo, morar em uma casa simples, andar de bicicleta todos os dias no fim da tarde, ir na feira todas as semanas, fazer amizade com a vizinhança toda, tomar chá com bolo de fubá com mais frequência, ter vários filhos sem me preocupar com ter dinheiro ou não para gerar tanto ser humano assim, abrir uma lojinha de coisinhas bonitas, ter uma árvore com balanço nos fundos de casa, viver de amor, de alegria, de sol, de claridade, de satisfação em fazer o bem e viver bem… Viver uma vida que não vivo (mas queria viver), e que talvez nunca viva… E depois dá raiva porque a gente sabe que não tem essa coragem, esse desprendimento, não tem peito e nem culhão pra isso! Mas só de imaginar essa vida perfeita nessa manhã de quarta-feira numa cidadezinha que não amo no interior do Mato Grosso e onde vivo há 20 anos, onde não se encontra meu coração (a não ser pelo marido, família e poucos amigos que aqui se encontram), me sinto revigorada também. Sinto que consegui mais um pouco de ar puro pra viver mais esse dia. Você é 10! Amo ACQAMVQ! Amo os sentimentos que nascem em mim quando acesso esse bloguénho. Obrigada por seus recomeços, eles nos fazer acreditar que os nossos também são possíveis, são passíveis de acontecer. Beijo!

  10. Oi, Ana! Eu já acompanho o blog há uns anos, mas basicamente leio pelo email. Sou muito sua fã, adoro o seu jeito honesto de escrever. Tive que vir aqui pra desejar boa sorte na nova fase do blog! Que venham os próximos 10 anos, Ana! (E o layout ficou lindo!!!) Mil beijos.

  11. Oi Ana! Desde que descobri seu blog nunca mais deixei de visitá-lo. Embora não faça comentários, mas tô sempre ai, espiando, admirando. Não consigo passar um dia sequer sem fazer a minha visita diária. Continue assim, sendo voce mesma e nos mostrando a vida como ela é. Só posso te desejar muitas felicidades, que voce continue nos brindando com esses posts mara e que o blog tenha vida longa. Bjs. Laura

  12. Estamos constantemente mudando, faz parte da vida. É bom ver e sentir essa continuidade. Te acompanho por aqui já faz uns seis ou sete anos e por mais que seja bom ver você falar conosco pelo stores ou no you tube, aqui parece que a conexão é melhor, se é que me entende… Fico feliz por você, por mais uma nova fase. Abraços

  13. Tudo lindo! Renovação é sempre bom, faz parte da dinâmica da vida. O lindo é q a essência sempre está aqui, fazendo esse bloco ser o cantinho fantástico q é! Acompanho o blog desde antes de ter minha primeira casa, desde o começo do meu casamento q ja vai completar oito anos, maravilhoso ver a evolução e permanência do blog, q é parte da minha vida! Um abraço e boas energias para a nova fase!!!

  14. 10 anos já? Caramba.. sendo assim, te acompanho desde os meus 18! Nunca comentei, nunca interagi ou tentei contato. Amo seus posts de decoração, amo mais ainda seus monólogos escritos e torço sempre pela sua felicidade! A nova marca ficou linda e o novo site está mara!! Parabéns!!

Deixe um comentário

Por favor, deixe um comentário
Por favor, informe seu nome